• Departamento de Transportes do Estado de Nova Iorque (NYSDOT)

    East 138th Street sobre a Major Deegan Expressway

    Cidade de Nova Iorque, Nova Iorque, Estados Unidos

Resumo do projeto

    • BRIDGES - New York State Department of Transportation

Substituindo a estrutura de uma ponte antiga

Construída em 1938 e localizada no coração da cidade de Nova York, a East 138th Street Bridge está sendo substituída para eliminar problemas de desobstrução vertical e atender às demandas de tráfego intenso. A ponte funciona como um trevo rodoviário em forma de diamante separado por níveis, tendo a Via Expressa Major Deegan abaixo. Ela é mais ampla do que longa para proporcionar acessibilidade a seis faixas de tráfego, juntamente com ciclovias e calçadas para acomodar os 150.000 veículos que passam diariamente, além da alta demanda de pedestres. O Departamento de Transportes do Estado de Nova York (NYSDOT) iniciou o projeto de USD 48 milhões para projetar e construir uma nova ponte de 30 metros com uma única envergadura e vários serviços públicos, incluindo uma rede de esgoto combinada de 4,57 metros de largura por 3,04 metros de altura, que precisava ser considerada durante o projeto e a construção.

Estabelecendo um contexto digital

Com volumes de tráfego extremamente altos, a ponte funciona como um ponto de acesso crítico à rede de tráfego da cidade de Nova York, exigindo que o trevo permaneça totalmente funcional enquanto facilita a substituição da ponte. Esta situação apresentou desafios de sequenciamento e coordenação da construção na área urbana congestionada, agravados por obstáculos de serviços públicos e uma pandemia global. O NYSDOT queria estabelecer um contexto digital para ajudar os participantes, proprietários de serviços públicos, partes interessadas no projeto e o público a compreender visualmente a intenção do projeto e a complexa preparação. Eles queriam usar um gêmeo digital como principal documento de construção para implementar o projeto, e precisavam ter uma abordagem de modelagem híbrida integrada, para gerar um modelo 3D dinâmico da complexa superestrutura e dos componentes para pedestres. 

A busca pelo sucesso com as aplicações da Bentley

Já familiarizado com as aplicações da Bentley, o NYSDOT selecionou o OpenBridge Modeler, o ProSteel e o MicroStation para desenvolver um modelo 3D de toda a estrutura da ponte, em um nível de detalhe que permitisse à equipe, nos termos do contrato, construir diretamente a partir do modelo, sem a necessidade do auxílio de um conjunto completo de planos 2D. O uso do modelo altamente detalhado e geometricamente preciso ajudou a identificar interferências com os vários serviços públicos, e a coordenar os arquitetos paisagistas para mesclar esteticamente a nova ponte com os históricos muros de contenção adjacentes. O iTwin Design Review forneceu a plataforma central para que mais de 180 revisores, de 15 agências, pudessem acessar e fornecer facilmente comentários sobre o modelo em um ambiente digital. Com o uso do SYNCHRO e do LumenRT, o NYSDOT criou uma simulação 4D do sequenciamento da construção e renderizações animadas, que foram uma ferramenta valiosa para a visualização do público.

Gêmeos digitais industrializam a entrega

Com a modelagem integrada da Bentley e a tecnologia iTwin, o NYSDOT gerou um gêmeo digital que ajudou a identificar e resolver problemas dispendiosos antes da construção. Em vez de fazer as partes interessadas revirarem as mais de 200 folhas tradicionais de planos para entender o sequenciamento da construção, o NYSDOT forneceu a elas o vídeo 4D gerado pelo SYNCHRO, que lhes permitiu entender o planejamento da construção e o fechamento de estradas em cinco minutos. Esta situação ajudou a aliviar as preocupações do público, o que não teria sido possível com os métodos convencionais. O gêmeo digital que foi entregue como parte do contrato será atualizado para refletir quaisquer mudanças no projeto, bem como o ambiente as built, e será usado como uma ferramenta para gerenciamento de ativos e inspeção de pontes. Considerando o sequenciamento sofisticado, o número esmagador de serviços públicos e o enorme grupo de partes interessadas, este projeto estabelece novos padrões, usando um gêmeo digital como o principal documento contratual, industrializando a entrega da East 138th Street Bridge.

Manual do Projeto: iTwin Design Review, LumenRT MicroStation, OpenBridge Modeler, OpenRoads Designer, ProjectWise, ProSteel, SYNCHRO 4D

Resultado/Fatos
  • Localizada em uma área urbana congestionada, a substituição da East 138th Street Bridge apresentou desafios complexos de projeto estrutural e coordenação.
  • O NYSDOT usou as aplicações da Bentley para criar um gêmeo digital como o principal documento de contrato, que ajudou a identificar e resolver problemas dispendiosos antes da construção.
  • A utilização do iTwin Design Review proporcionou um ambiente digital integrado para mais de 180 revisores, em 15 agências, para otimizar a revisão de projetos e o gerenciamento de mudanças.
  • O SYNCHRO 4D facilitou o sequenciamento visual e dinâmico da construção e o planejamento do controle de tráfego para uma melhor coordenação do projeto.
Citação:
  • "Com o sequenciamento sofisticado, a grande quantidade de serviços públicos subterrâneos e um enorme grupo de partes interessadas, esse projeto define o novo padrão para o que pode ser alcançado quando um gêmeo digital é usado como principal documento de contrato."

    Zachary Maybury Gerente de equipe de projeto - Projeto de Rodovias Departamento de Transportes do Estado de Nova Iorque (NYSDOT)